Ramakrishna Vedanta Ashrama
Ramakrishna Vedanta Ashrama
Afiliado à Ordem Ramakrishna da Índia


A Ordem Ramakrishna e o Movimento Vedanta

Sri Ramakrishna Paramahamsa (1836-1886) foi reconhecido e adorado durante sua vida como um avatar ou encarnação de Deus. Ele é um dos maiores místicos da Índia. O propósito do advento de Sri Ramakrishna foi para restabelecimento da religião de modo universal.  Ele realizou Deus primeiramente no Hinduísmo e depois praticou o cristianismo e o Islã. Depois de realizar Deus praticando as diferentes religiões, ele proclamou: "Quantas as crenças, tantos os caminhos."

Ele formou um grupo de discípulos monásticos que tinha Swami Vivekananda como seu líder. Como primeiro passo para realizar essa missão, ele dotou seus discípulos com iluminação espiritual e inspirou-os, através de Swami Vivekananda, a trabalhar de forma organizada para o despertar espiritual da humanidade.

A disseminação das ideias de Sri Ramakrishna baseadas na realização de Deus por vários caminhos, que confirmam a afirmação contida nos Vedas "Ekam Sat Vipra Bahuda  Vadanti" – “A Verdade é Uma, os sábios a chamam por vários nomes", é comumente conhecida como Movimento Ramakrishna,  ou Movimento Vedanta, ou Movimento Neo-Vedanta.

Embora os ensinamentos Vedânticos tenham influenciado proeminentes pensadores ocidentais por séculos, o movimento Vedanta formal no ocidente foi iniciado em 1893 por Swami Vivekananda (1863-1902). Vivekananda,  também chamado simplesmente de "Swamiji", brilhou no cenário mundial no Parlamento das Religiões realizado na Feira Mundial de Chicago, em 1893. Ele representou o Hinduísmo e, em seguida, disseminou os ensinamentos de Vedanta em todos os Estados Unidos e Europa.

Depois de retornar à Índia, Swamiji, com o apoio dos discípulos sannyasis e chefes de família de Sri Ramakrishna, estabeleceu a Ramakrishna Mission em 1 de maio de 1897. Em 1897, os discípulos sannyasis de Sri Ramakrishna construíram um mosteiro permanente em Belur, no distrito de Howrah, atual estado de Bengala Ocidental. Popularmente conhecido como Belur Math, tornou-se o centro do Movimento Ramakrishna, com centros afiliados surgindo em toda a Índia e em países estrangeiros. Assim, o Movimento tomou uma forma organizacional concreta como Ramakrishna Math, registrado como Trust em 1901, e Ramakrishna Mission, registrado como sociedade em 1909.

O Monastério Ramakrishna  é o mosteiro onde se reúnem jovens - de todas as crenças, castas e países -que buscam realizar a Verdade. Na Missão Ramakrishna, os mesmos sannyasis trabalham com devotos leigos para servir homens, mulheres e crianças sem qualquer distinção de casta, religião ou raça.

O espírito por trás desse serviço é "Shiva  jnana Jiva  Seva”, ou “Servir a Deus no homem". O Mosteiro e a Missão, as organizações gêmeas, são chamadas de Ordem Ramakrishna ou Ramakrishna Sangha. 

Há atualmente cerca de 1800 membros monásticos na Ordem.

O Lema: O lema da Ordem Ramakrishna foi formulado por Swami Vivekananda como "Atmano  mokshartam,  Jagat-hitaya  cha" ou "Para a própria salvação e para o bem-estar do mundo".

Os Ideais: O trabalho como adoração, a divindade potencial da alma e a harmonia das religiões são as três ideais principais sobre as quais a Ordem se fundamenta. Esse ideal de "Serviço ao homem como serviço a Deus" sustenta o trabalho nos hospitais, dispensários, unidades médicas móveis, escolas, faculdades, centros de desenvolvimento rural e muitas outras instituições de serviço social administradas pela Ordem. 

O Emblema: O emblema da Ordem Ramakrishna retrata a mensagem de Sri Ramakrishna de forma visual — harmonia de todos os caminhos de sadhana( prática espiritual) na busca pela realização de Deus. 

Os componentes do emblema são: Um lago encrespado pelo vento; o sol nascendo, por assim dizer, a partir de suas águas; um lótus completo desabrochando acima de duas folhas flutuantes; um cisne navegando graciosamente nas águas conturbadas; e uma serpente com a língua estendida e o capuz armado, com um Mantra na parte central de seu corpo: "Tanno Hamsa Prachodayat",  que significa "Que o SER nos inspire e nos guie”.

O sol representa jnana, conhecimento; a água encrespada representa karma, trabalho; o lótus representa o amor, devoção; a serpente representa yoga, meditação; e o cisne representa o Eu, o Ser.

Sede: Belur Math, às margens do rio Ganges, é a sede da Ordem Ramakrishna. Na outra margem do rio está Calcutá, uma das principais cidades da Índia. 

Serviços: O Mosteiro e a Missão conduzem cerca de 1200 instituições de ensino (formais e não formais), 13 hospitais, 124 Dispensários, 58 Unidades Médicas Móveis, 7 Institutos de Treinamento de Enfermagem e vários centros de desenvolvimento tribal e rural.

Centros: A Ordem Ramakrishna possui 221 centros afiliados em todo o mundo, dos quais 167 centros estão localizados na Índia, e os outros 54 estão espalhados por outros 23 países.

A Ordem Ramakrishna é uma importante organização religiosa e filantrópica, com filiais em toda a Índia e centros permanentes de Vedanta nos Estados Unidos, Europa, América do Sul, África, Austrália, Canadá, Japão e outros países. A linhagem espiritual da Ordem é a antiga ordem Vedântica de sannyasis (monges) que desde tempos remotos existe na Índia, em uma linhagem  ininterrupta de mestres e discípulos.

O movimento exerceu uma influência significativa nos últimos cem anos, por meio de centros Vedanta  nos Estados Unidos, Europa, América Latina e outras partes do mundo.

No Brasil, os centros Vedanta  promovem o estudo, a prática e o ensino da filosofia e religião Vedanta, especialmente conforme foi ensinado, e demonstrado em suas vidas, por Sri Ramakrishna e seu discípulo Swami Vivekananda .