Ramakrishna Vedanta Ashrama
Ramakrishna Vedanta Ashrama
Affiliated to Ramakrishna Order of India

CENTRO RAMAKRISHNA VEDANTA ASHRAMA, SÃO PAULO


O Centro Ramakrishna Vedanta de São Paulo foi fundado em 1974 por um grupo de devotos de Sri Ramakrishna.


O Centro é uma instituição religiosa, filosófica e cultural  legalmente constituída, sem fins  lucrativos, afiliada à Ordem Ramakrishna na Índia. Reúne pessoas de todas as raças, religiões e crenças, com o objetivo de estudar, praticar e difundir a  mensagem universal da filosofia Vedanta como ensinada e  exemplificada pela   vida e ensinamentos de Sri Ramakrishna e Swami Vivekananda.

História do Centro Vedanta de São Paulo

Origem da ordem Ramakrishna 

A Ordem Ramakrishna, que nasceu em 1886 com as bênçãos de Sri Ramakrishna, foi inicialmente instalada em um antigo e dilapidado edifício em Baranagore (Calcutá-Índia). Mais tarde foi transferida para outros lugares e atualmente encontra-se em Belur, conhecido como Belur Math (Mosteiro de Swami Vivekananda Belur). O mosteiro foi consagrado por Swami Vivekananda (1863-1902), discípulo de Sri Ramakrishna (1836-1886), o profeta da era moderna, em 9 de dezembro de 1898 e transferido para Belur em janeiro do ano seguinte. 

Visão profética de Swami Vivekananda             

Em uma ocasião, Swami Vivekananda relatou que tivera uma visão em que a bandeira do Vedanta (bandeira de Sri Ramakrishna) estava sendo colocada num pico da Cordilheira dos Andes. Sua visão profética foi realizada em 1932, quando a sede em Belur decidiu enviar Swami  Vijoyananda , discípulo de Swami Brahmananda - o filho espiritual de Sri Ramakrishna, para difundir a bela mensagem de Ramakrishna - Vivekananda na América Latina.

 Estágio inicial do movimento Vedanta na América   Latina    

 

Em 1911, tanto na Argentina quanto no Brasil, o livro "O Evangelho de Sri Ramakrishna" e "Raja Yoga", de Swami Vivekananda, foram disponibilizados ao público em geral. Foi o surgimento de um interesse inicial pela filosofia neo-Vedanta na América Latina.


Reunião de Mahendranath Gupta e Swami Vijoyananda 

Duas décadas depois, em 1932, um grupo de estudantes argentinos de Buenos Aires interessados em estudar profundamente os ensinamentos do Vedanta  solicitou um Swami de Belur Math para guiá-los nos assuntos espirituais relacionados ao hinduísmo e Vedanta. O nomeado foi Swami Vijoyananda (Pasupati Maharaj).

Há um incidente interessante digno de ser mencionado. O Swami não concordou com sua nomeação para a Argentina. Mahendranath Gupta, "M", autor do "Evangelho de Sri Ramakrishna",  chamou-o  e repreendeu o jovem Swami:  “Eu nunca poderia imaginar que você era um covarde.” Pasupati Maharaj respondeu:  “Não é uma questão de covardia; não consigo imaginar estar longe de Mahapurush Maharaj e dos outros discípulos diretos de Sri Ramakrishna ainda vivos.” “Neste caso – retrucou "M" – é pior que covardia, é egoísmo.  Você não sabe que Swamiji teve uma visão em que a bandeira de Sri Thakur (Sri Ramakrishna) estava sendo colocada num pico da Cordilheira dos Andes? E você foi o escolhido para realizar seu sonho!” O Swami caiu em si, lágrimas rolaram pelo seu rosto e ao final aceitou sua missão em Buenos Aires, Argentina.


Swami Vijoyananda e o Brasil – (1932 a 1973)

Swami Vijoyananda foi o primeiro monge da Ordem Ramakrishna a vir para a América do Sul enviado por Belurmath. Fundou o  primeiro  Ramakrishna  Vedanta  Ashrama com sede em Bella Vista, cidade da Região Metropolitana de Buenos Aires, Argentina.

Demorou mais algumas décadas, até 1957, para que os estudantes brasileiros de Vedanta escrevessem ao Swami Vijoyananda pedindo que ele visitasse o Rio de Janeiro. Foi só em 1957 que o Swami fez sua primeira viagem ao Brasil, no  mês de outubro de 1957. Foi um tipo de amor à primeira vista. Discípulo do reverendo Brahmanandaji Maharaj, Vijoyananda Maharaj tinha sido abençoado com o sagrado encontro com Santa Mãe Sri Sarada Devi e com muitos discípulos diretos de Sri Ramakrishna. Uma figura majestosa, ele lecionou em espanhol com palavras ardentes, expondo os ideais desconhecidos do Vedanta.  Uma espiritualidade forte e genuína era sentida tangivelmente na atmosfera. A partir daí, ele costumava vir ao Brasil todos os anos por um período de dez semanas, compartilhado entre o Rio de Janeiro e São Paulo. “Foram dias inesquecíveis de aulas inspiradoras sobre Vedanta!”, escreve um devoto.

Durante suas visitas ao Brasil, ele plantou as sementes do Vedanta. Swami trabalhou principalmente nas cidades do Rio de Janeiro e São Paulo, onde ficava por aproximadamente dois meses por ano. 

Inúmeros aspirantes espirituais que viviam nessas cidades foram iniciados por Swami na vida espiritual, assim como pessoas que viviam em outras cidades do Brasil. Sob a orientação de Swami, alguns de seus discípulos fundaram Centros de Estudo e Meditação no Rio de Janeiro e em São Paulo. Finalmente, o Vedanta  estabeleceu-se em nosso país por meio dos grupos fiéis de discípulos no Rio e em São Paulo, sob a direção de Swami  Vijoyananda, grupos esses que permanecem coesos até hoje.

Após o falecimento de Swami Vijoyananda, ocorrido em 1973, o trabalho de Vedanta no Brasil passou a receber orientação espiritual de seu sucessor, Swami Paratparananda  (até 1988).


Swami Paratparananda e o Brasil – 

(1973 a 1988)

Swami Paratparananda era discípulo de Swami Shankarananda (Sétimo Presidente da Ordem Ramakrishna). Foi editor da revista Vedanta Kesari, uma revista Vedanta em inglês da Ordem Ramakrishna, de 1962 a 1967, e professor (acharya) do Centro de Treinamento de Brahmacharis (noviços) no Mosteiro de Belur (Calcutá), a sede da Ordem. 

Inicialmente ele foi enviado pela Ordem à sua filial em Buenos Aires, Argentina, em 1968, para dar assistência ao trabalho de Swami Vijoyananda, discípulo de Swami Brahmananda, e pioneiro de Vedanta na América do Sul. Em 1973, tornou-se o chefe espiritual do Centro de Buenos Aires após a morte de Swami Vijoyananda. Dedicou sua vida ao ocidente, difundindo os ensinamentos de Sri Ramakrishna e Swami Vivekananda principalmente na Argentina e no Brasil.  Swami Paratparananda  continuou visitando anualmente o Rio de Janeiro e São Paulo, Brasil, de 1974 a 1988, a convite dos devotos de várias cidades.

Ele divulgou a mensagem de Thakur (Sri Ramakrishna) por palestras espirituais, instruções e iniciações espirituais, e, sobretudo, por sua própria vida e exemplo. A presença calma dos Swamis conquistou o coração de muitos devotos. Devido à presença e ajuda de Swami Vijoyananda e Swami Paratparananda, o Ramakrishna Vedanta Ashrama em São Paulo, Brasil, foi fundada em 1974.

Em 1988,  o Swami retornou à Índia.

Swami Pareshananda e o Brasil 
(1989 to 1998)

Swami Pareshananda  foi escolhido pela ordem Ramakrishna como o sucessor de Swami  Paratparananada  no Ramakrishna Vedanta Ashrama, Argentina, a partir de 1988. Durante o período,  de 1989 a 1999, o Movimento Ramakrishna Vedanta  no Brasil estava sendo muito bem conduzido por Swami Pareshananda com suas visitas anuais. Swami  guiou e inspirou muitos devotos através de palestras e iniciou  muitos discípulos  na vida espiritual. O Swami tem muitos  admiradores no Brasil.

Swami Nirmalatmananda e o Brasil – 

(1999 onwards)

              O primeiro monge residente 

​         

Os devotos do Brasil apelaram para a  sede, em Belurmath, para terem um monge residente no Brasil. Belurmath concordou, aprovou e amorosamente enviou Swami Nirmalatmanandaji Maharaj em março de 1999 para  assumir  a direção espiritual dos vários  Centros de Estudos existentes e  liderar o trabalho pioneiro do  movimento Vedanta no Brasil.


A chegada do primeiro Swami residente após um longo amadurecimento de 42 anos, animou todos os devotos e estudantes de Vedanta no Brasil, que sentiram que suas orações haviam sido atendidas e que haviam recebido definitivamente a Bênção de Thakur. O Swami chegou ao Brasil em 27 de março de 1999.


Assim, o Centro de São Paulo conhecido como "Ramakrishna Vedanta Ashrama" tornou-se o primeiro Centro oficial da Ordem Ramakrishna no Brasil, com Swami  Nirmalatmanandaji Maharaj como seu diretor espiritual.


A vinda de Swami Nirmalatmananda  em 1999 trouxe inúmeros benefícios a todos os devotos e simpatizantes de Vedanta em Curitiba, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, para onde ele vai regularmente a cada dois meses; tem palestrado no Centro e em outros lugares com o objetivo de difundir a Vedanta e a mensagem dos Mestres, e deu orientação espiritual e iniciação a aspirantes espirituais sinceros.


Sob seu ministério espiritual, e a grande aspiração de devotos e estudantes de Vedanta, em março de 2006 os centros do Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Curitiba foram filiados à Ordem Ramakrishna da Índia como subcentros do Ramakrishna Vedanta Ashrama, São Paulo.


O Ramakrishna Vedanta Ashrama de São Paulo é o principal centro do Brasil, sob a direção e liderança de Swami Nirmalatmananda  Maharaj, juntamente com sub-centros em Brasília e Belo Horizonte e outros centros independentes no Rio de Janeiro e Curitiba. Todos os centros são afiliados à Ordem  Ramakrishna na Índia.


Swami Nirmalatmanadaji  Maharaj vive em São Paulo desde então e continua inspirando os sérios aspirantes espirituais com ensinamentos vedânticos.  


Todos esses centros são organizações religiosas, sem fins lucrativos, mantidas por devotos, amigos e apoiadores por meio de uma generosa contribuição.